Áustria inicia perfuração na região de Molln em busca de gás

Gás Natural
Gás Natural Direitos de autor euronews/ORF via EBU
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Apesar dos protestos, os testes de perfuração de poços de gás deram início no domingo. O país procura fontes alternativas ao gás russo, do qual é 98% dependente.

PUBLICIDADE

No Vale de Jaidhaus, em Molln, Áustria, a primeira perfuração dos poços de gás da empresa de energia ADX, muito perto do Parque Nacional de Kalkalpen, começou no domingo, 25 de fevereiro. 

Os opositores do projeto conseguiram atrasar a perfuração por meses. Mas os testes avançaram e vão durar seis semanas sem interrupção. Cerca de dez pessoas vão trabalhar no local 24 horas por dia.

A Áustria depende do gás russo

A Áustria precisa de novas fontes de gás: nos últimos dois anos, ao invés de diminuir, o país aumentou a sua dependência do gás russo, atingindo os 98% de consumo dessa fonte proveniente da Rússia.

Viena pretende rescindir o contrato de fornecimento com Moscovo de forma antecipada, mas para isso, é necessário encontrar fontes alternativas fiáveis.

Procurar novas fontes de gás na Áustria

O objetivo da perfuração é atingir uma profundidade de 1.900 metros para explorar as formações geológicas e testar o fluxo de gás no subsolo.

Cerca de 1.500 sensores vão monitorizar o que está a acontecer debaixo da terra, registando e fornecendo dados constantemente.

No entanto, mesmo que as análises de dados sejam baseadas em altas reservas de gás no local, permanece o risco, embora residual, da real quantidade de gás a encontrar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Antigo chanceler austríaco Sebastian Kurz considerado culpado por prestar falsas declarações

Inverno invulgarmente quente deixa parte da Áustria sem neve

Montanha austríaca perde altura após deslizamentos de terra