A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Trump perde porta-voz "combativa"

Trump perde porta-voz "combativa"
Direitos de autor
REUTERS/Kevin Lamarque
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump perde uma das colaboradoras mais próximas no fim do mês. O presidente norte-americano anunciou a saída de Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca conhecida pela posição combativa face aos jornalistas que questionam regularmente as políticas da administração.

Trump afirmou que ela fez "um trabalho incrível" e que ambos passaram "por muito juntos e ela é dura" e "maravilhosa".

Sanders regressará ao Estado natal do Arkansas, onde Trump disse esperar que brigue pelo cargo de governadora, ocupado pelo pai, Mike Huckabee, entre 1996 e 2007.

A porta-voz demissionária afirmou que teve "a honra de uma vida" e que "não podia estar mais orgulhosa pela oportunidade de servir o país e, em particular, trabalhar com este presidente, que fez tanto nestes dois anos e meio. Algo que", afirmoub

A Casa Branca ainda não anunciou o substituto. Sanders junta-se assim a vários outros nomes importantes do executivo que desde dezembro deixaram o cargo, como a ex-responsável da Segurança Nacional Kristjen Nielsen, o antigo chefe de gabinete da Casa Branca John Kelly e o ex-secretário da Defesa James Mattis.