Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Reserva Federal dos EUA sinaliza possível descida de taxas de juro

Reserva Federal dos EUA sinaliza possível descida de taxas de juro
Direitos de autor
REUTERS/Chris Wattie
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Reserva Federal dos Estados Unidos dá, pela primeira vez nos últimos 10 anos, sinais de que pode descer a taxa de juro de referência.

O regulador norte-americano manteve as taxas diretoras, mas sinalizou que pode a curto prazo decidir descer o referencial.

Jerome Powell, o presidente da FED tem sido amplamente criticado por Donald Trump. O Presidente dos Estados Unidos tem pressionado publicamente o banco central a descer as taxas de juro diretoras para dinamizar a economia.

Com a guerra comercial com a China a escalar de tom, a FED considera que podem agora existir razões para o fazer. "À luz da incerteza e com ligeiras pressões inflacionárias, o comité vai acompanhar de forma próxima as implicações da informação a receber sobre as previsões económicas e vai agir de forma apropriada para sustentar a expansão", lê-se no comunicado.

A decisão merece contestação de analistas e da oposição a Trump. Mas a possibilidade de se concretizar animou os mercados. Wall Street reagiu em alta.