A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tribunal turco condena 24 pessoas a prisão perpétua

Tribunal turco condena 24 pessoas a prisão perpétua
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal turco condenou, esta quinta-feira, 24 pessoas a prisão perpétua, incluindo um antigo chefe da Força Aérea e ex-assessor do presidente Recep Tayyip Erdogan, por participação na alegada tentativa de golpe de Estado, de 2016.

"A Turquia acaba de levá-los a prestarem contas. Ninguém pode matar a vontade nacional, a Democracia e ninguém pode ferir as almas dos nossos mártires. Na Turquia, os Direitos Humanos, a lei e a Democracia estão à frente de tudo. Os juízes turcos tomaram esta decisão de acordo com a Constituição que os conspiradores queriam abolir, a 15 de julho", afirmou o ministro da Justiça turco, Abdulhamit Gül.

Dezassete dos acusados foram condenados a 141 penas, agravadas, de prisão perpétua, por "tentativa de derrubada a ordem constitucional", pelo assassinato de 139 pessoas e "tentativa de assassinato do presidente". Informação avançada pela agência estatal Anadolu.