Última hora
This content is not available in your region

Geórgia e Rússia trocam acusações

euronews_icons_loading
Geórgia e Rússia trocam acusações
Direitos de autor  REUTERS/Irakli Gedenidze
Tamanho do texto Aa Aa

Moscovo e Tiblissi trocam acusações depois da visita de um deputado russo ao parlamento da Geórgia ter provocado violentas manifestações na capital georgiana na quinta-feira. A Presidente da Geórgia, Salome Zurabishvili, não hesita em classificar os russos de "inimigos e ocupadores", acusando o Kremlin de ter acendido o rastilho da contestação.

Já as autoridades russas culpam os políticos da Geórgia por aquilo que classificam como uma "provocação antirrussa", acrescentando que os protestos estavam planeados para as forças extremistas tentarem chegar ao poder através de um golpe de estado. Vladimir Putin suspendeu mesmo os voos comerciais entre os dois países.

Enquanto Geórgia e Rússia, que não têm relações diplomáticas desde que travaram a guerra dos cinco dias, em 2008, se acusam mutuamente, o povo georgiano saiu para a rua em peso para exigir mudanças e a realização de eleições antecipadas.