Última hora

Desafio do Monte Cristo teve prova de natação noturna

Desafio do Monte Cristo teve prova de natação noturna
Tamanho do texto Aa Aa

O desafio do Monte Cristo, que há 20 anos emociona os apaixonados pela natação na região de Marselha e não só, contou este ano com uma inovação. Uma das nove provas decorreu durante a noite.

Um desafio à altura dos mais temerários que há duas décadas repetem o percurso do herói de Alexandre Dumas, Edmond Dantes, que na obra "O Conde de Monte Cristo" fugiu das masmorras nadando do Chateau D'If até à praia Grand Roucas Blanc, em Marselha.

A prova noturna é dedicada ao Pure Ocean Fund, que se dedica a salvar os oceanos.

O organizador do evento, Dominique Lena explica: "A novidade deste ano, para marcar o 20º aniversário, é que organizámos uma prova noturna. Para além do desafio que nos colocamos como nas outras provas, queremos também encontrar um significado para esta prova e ter a possibilidade de nadar por uma causa".

Um total de 5.500 nadadores, de 59 países, participaram nas nove corridas deste ano.

Dantes, segundo Dumas, é um homem inocente ilegalmente condenado à infame prisão da ilha, que é consumido por pensamentos de vingança contra aqueles que o traíram e, com a ajuda de outro preso, traça um plano de fuga: Troca de lugar com o cadáver do seu amigo preso que acabou por morrer e, enfiado num saco, é deitado ao mar. Uma vez na água, nada até à costa de Marselha, a 5 quilómetros de distância.

Dantes nadou no século XIX para salvar a vida; os nadadores do século XXI são motivados pela literatura, pela magia do local e pela ambição desportiva.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.