Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Polícia italiana detém 126 membros de clãs da Camorra

Polícia italiana detém 126 membros de clãs da Camorra
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Polícia italiana realizou mais uma operação contra a Máfia. Mais de uma centena de detenções, desta vez de membros de clãs da Camorra.

126 detidos, ao início da manhã desta quarta-feira, numa operação relâmpago conduzida pela polícia italiana. A Operação Cartagena tinha como objetivo pôr fim à Aliança Secondigliano, uma espécie de "cartel criminoso", que une três importantes clãs da Camorra: Contini, Mallardo e Licciardi. A investigação foi coordenada pela Direção Distrital Antimáfia do Ministério Público. Os detidos estão acusados de vários crimes, entre eles associação mafiosa ao tráfico de drogas, através de extorsão e usura.

A operação começou em Nápoles, mas se espalhou por todo o território nacional e também ao estrangeiro.

Terça-feira, numa ação que se estendeu por vários pontos da Calábria, as autoridades italianas tinham capturado vários dirigentes da máfia mais poderosa de Itália, a Ndrangheta. Foram detidos traficantes, comerciantes, homens de negócios e até políticos.