EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Exploração de gás preocupa comerciantes em Creta

Exploração de gás preocupa comerciantes em Creta
Direitos de autor 
De  Apostolos Staikos
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Reportagem da euronews na ilha grega, onde os locais temem que as perfurações possam afugentar os turistas.

PUBLICIDADE

Com a assinatura do acordo para a exploração de gás a oeste e sudoeste de Creta, começou o debate nesta ilha grega. As primeiras perfurações só começam mais tarde, mas os cretenses tentam já perceber como é que isto lhes vai afetar a vida.

Stelios Giallinakis é o chefe da associação de pescadores. Teme pelo habitat natural da ilha e pelo trabalho: "A questão é saber se estas perfurações vão afetar o ambiente e, consequentemente, o turismo. É o tema principal para os locais. Pessoalmente, como pescador, tenho medo que esta atividade venha a reduzir as reservas de peixe. Já é difícil encontrar peixe, por isso a situação não pode piorar, é uma questão de sobrevivência.

Será que Stelios vai conseguir continuar a fornecer a peixaria local? Uns metros mais à frente, Aristea Pitsaki pergunta se os turistas vão continuar a visitar o seu restaurante em Palaiochora e provar o famoso frango assado.

O restaurante tem 10 empregados e Aristea quer contratar mais, mas tem medo que o início das perfurações faça fugir os turistas e a clientela comece a diminuir: "Tenho medo, estou preocupada, porque estas prospeções sísmicas podem afetar o ambiente e, logo, o turismo. A nossa economia está baseada no turismo. Precisamos de saber mais, temos de saber exatamente o que vai acontecer. Isto pode mudar as nossas vidas".

Para o governo regional de Creta, este projeto vai transformar a ilha numa importante plataforma energética e criar novas oportunidades de emprego.

No que toca à proteção do ambiente, as autoridades argumentam que foram tomadas todas as medidas necessárias. A euronews falou com Nikolaos Kalogeris, membro do Governo Regional responsável pelo ambiente e energia: "É uma grande oportunidade para todo o país. Não podemos esquecer que a Grécia passou por uma crise económica profunda. Precisamos de investimentos. Minimizámos os riscos. Temos de ter presente que, em todo o mundo, há plataformas perto de destinos turísticos importantes, ainda mais famosos que Creta. Por exemplo, Acapulco fica perto do Golfo do México, onde já aconteceu um acidente importante. Bali, na Indonésia, é outro exemplo".

"Na ilha, há quem acredite que o mar, o sol e a cultura são a riqueza de Creta. Outros falam de uma oportunidade de investimento única. Por enquanto, os locais informam-se, falam uns com os outros e esperam pelas primeiras prospeções marítimas", conta o enviado especial da euronews à ilha de Creta, Apostolos Staikos.

Nome do jornalista • Ricardo Figueira

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dia Mundial da Terra: ONG anuncia “maior recolha de plástico de sempre” na Guatemala

Manifestação em Espanha a favor da energia nuclear

Lucros "ilegais" do trabalho forçado ascendem a 236 mil milhões de dólares por ano