Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Syriza passa a principal força de oposição na Grécia

Syriza passa a principal força de oposição na Grécia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia foi às urnas e entregou o comando do país a Kyriákos Mitsotákis. O partido Nova Democracia venceu as eleições deste domingo por maioria absoluta depois de conquistar 39,8% do eleitorado e eleger 158 deputados. Uma viragem do país à direita, que deixou para segundo plano o Syriza. Com 31,6% dos votos, o partido de Alexis Tsipras perde 59 deputados e passa a principal força da oposição.

Entre os apoiantes do Syriza, a noite foi de desilusão e algum conformismo. "Estávamos à espera desta derrota. As eleições europeias já a deixavam antever. Pessoalmente não acredito que seja um bom resultado para a maioria dos gregos, mas vamos ver", afirma Dimitris Papanikolopoulos, um dos eleitores que viu o partido votado perder o poder do país.

Após conhecer os resultados, Alexis Tsipras assumiu a derrota, relembrando o papel do partido que levou a Grécia da crise económica à consolidação financeira validada pela União Europeia, depois de 10 anos de austeridade e três programas de resgate .

"Lutámos e conquistámos muito, sempre de cabeça erguida, e hoje, mais uma vez, de cabeça levantada aceitamos o veredicto do povo. De cabeça levantada, porque sabemos que o próximo governo vai herdar uma Grécia que não tem nada a ver com a Grécia que herdámos", disse o agora primeiro-ministro cessante.

Alexis Tsipras, mostrou-se confiante face aos resultados do Syriza, num discurso em que afirmou que os resultados alcançados não representam uma derrota estratégica, mas sim uma oportunidade de tornar o partido numa grande força política democrática e progressista.