Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Campeãs do Mundo não querem ir à Casa Branca

Campeãs do Mundo não querem ir à Casa Branca
Direitos de autor
REUTERS/Eduardo Munoz
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As vencedoras do Campeonato do Mundo feminino de futebol regressaram a casa. No domingo, a seleção dos Estados Unidos derrotou a Holanda e conquistou o tetra.

Megan Rapinoe, que foi eleita a melhor jogadora da competição, tinha dito que não iria à Casa Branca, caso a equipa vencesse o Mundial, deixando o presidente dos Estados Unidos irritado. "Ganhámos tudo e acho que de uma forma divertida. Dissemos publicamente, eu disse publicamente, que a maioria da equipa, senão toda a equipa - acho que toda a equipa está comigo - não quer ir à Casa Branca", afirmou Rapinoe.

"Não quero falar necessariamente por toda a equipa. Obviamente que cada uma de nós tem as suas opiniões, mas acredito que elas sejam eventualmente coincidentes. Eu já disse o que pensava. Não me sinto bem-vinda na Casa Branca e não creio que eu, individualmente, vá", disse a jogadora Alex Morgan.

Mas a seleção feminina de futebol dos Estados Unidos vai participar noutras comemorações, como um desfile pelas ruas de Nova Iorque na quarta-feira.