Última hora

Reunião extraordinaria sobre o Irão

Reunião extraordinaria sobre o Irão
Direitos de autor
REUTERS/Lisi Niesner
Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Governadores da Agência Internacional de Energia Atómica reuniu-se, de forma extraordinária, em Viena, para avaliar os últimos desenvolvimentos relativos ao acordo nuclear com o Irão.

Enquanto isso, um enviado do presidente francês foi ao Irão reunir-se com o ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros.

Entretanto, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, ameaçou o Reino Unido e criticou os EUA: "Estes americanos, que em geral violaram o Plano de Ação Conjunto Global, convocaram agora uma reunião de emergência do Conselho de Governadores, perguntando por que é que o Irão abandonou alguns dos seus compromissos com o plano. Esta é uma história engraçada e coisas destas são raras na história política do mundo ".

No Twitter, Trump acusou o Irão de estar há muito tempo a enriquecer urânio e anunciou que as sanções serão em breve aumentadas substancialmente.

Na segunda-feira, inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica confirmaram que o Irão tinha começado a enriquecer urânio a um nível proibido pelo acordo nuclear.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.