EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

UE luta para salvar o acordo nuclear com o Irão

UE luta para salvar o acordo nuclear com o Irão
Direitos de autor 
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chefes da diplomacia europeia reunidos em Bruxelas para tentarem salvar o acordo nuclear com o Irão

PUBLICIDADE

Como salvar o acordo nuclear com o Irão?

Este o tópico principal do encontro de ministros europeus dos negócios estrangeiros reunidos em Bruxelas esta segunda-feira.

Para a Grã-Bretanha, salvar este acordo ainda é possível.

"O Irão ainda está a um ano de criar uma bomba nuclear. Ainda existe uma pequena possibilidade de manter o acordo em vigor", afirmou o chefe da diplomacia britânica, Jeremy Hunt.

Para a França, a Europa deve manter-se unida exigindo ao Irão que volte atrás na decisão, mesmo tratando-se de uma reação à decisão unilateral dos Estados Unidos de se retirarem do acordo.

O ministro espanhol dos negócios estrangeiros, que foi nomeado para substituir Federica Mogherini, foi crítico da posição dos Estados Unidos.

"Somos completamente contra e não reconhecemos a extraterritorialidade que os EUA dão às suas leis. Para nós, o acordo nuclear com o Irão é fundamental e nós vamos fazer os possíveis para o manter, mesmo sabendo que é difícil devido à atitude dos Estados Unidos", adiantou Josep Borrell.

O Irão já pediu ajuda adicional à Europa de forma a voltar atrás na decisão de ultrapassar os limites no enriquecimento de urânio.

Este contudo não é o único tópico na agenda do encontro desta segunda-feira. Os ministros vão igualmente abordar a questão do conflito entre a Turquia e Chipre em torno da exploração de gás.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Irão nega tentativa de intercetar petroleiro britânico

Reunião extraordinaria sobre o Irão

Reservas de gás recorde descobertas ao largo de Chipre