Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Barry perde força e volta a ser classificado como tempestade tropical

Barry perde força e volta a ser classificado como tempestade tropical
Direitos de autor
REUTERS/Jonathan Bachman
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Barry perdeu força e volta a ser classificado como tempestade tropical, nos Estados Unidos. O fenómeno chegou ao Louisiana, mas desvia-se e pode poupar Nova Orleães das perigosas cheias previstas inicialmente.

Na sexta-feira Donald Trump chegou a declarar o estado de emergência. No entanto, as regiões costeiras preparam-se para as fortes chuvas.

O governador do Louisiana, John Bel Edwards, disse que, sem surpresa, as previsões apontavam para que as águas ultrapassassem os diques, mas que nenhum dique do Rio Misssipi ou do estado Louisiana falhou até agora.

Alguns moradores de Nova Orleães optaram por deixar a cidade. A maioria dos residentes reúne-se em casa ou em bares, preparando-se para a ameaça de inundações.

As autoridades pediram aos cidadãos para que estejam preparados e para fazerem reservas de mantimentos. Nalguns supermercados, as prateleiras de água e pão ficaram praticamente vazias.

Nova Orleães ainda se recorda do furacão Katrina, que deixou grande parte da cidade submersa e fez aproximadamente 1800 vítimas mortais, em 2005.