A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Europa ocidental em alerta com vaga de calor

Europa ocidental em alerta com vaga de calor
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As temperaturas, já altas, continuam a subir esta quarta-feira na Europa Ocidental. A nova onda de calor levou as autoridades de vários países a acionar o alerta vermelho.

Na França, quase todas as regiões estão em alerta. Météo France prevê temperaturas nunca vistas em mais de 70 anos. Quinta-feira, Paris pode chegar aos 41 ° C. O record atual data de 1947 com 40,4 ° C.

A Grã-Bretanha não é deixada de fora, pode conhecer o dia mais quente da sua história na quinta-feira e bater o recorde absoluto de 38,5 ° C.

"As ondas de calor têm a marca das alterações climáticas. Estão a tornar-se mais frequentes. Estão a começar mais cedo e a tornar-se mais intensas. Não é um problema que vai desaparecer. Mas os planos de ação de saúde contra calor que, agora, existem em muitas partes do mundo, fazem com que seja expectável que o incidente que vimos em 2003 seja uma coisa do passado,” afirmou a porta-voz da Organização Meteorológica Mundial, Clare Nullis.

A Bélgica está em vermelho pela primeira vez. A Itália, Alemanha, Holanda e Suíça também estão em alerta.

Em Portugal, o risco de incêndio vai agravar-se até quinta feira. Está prevista uma ligeira subida da temperatura e uma diminuição da humidade relativa do ar