Última hora
This content is not available in your region

Massacre em prisão no Brasil

Prisão de Altamira, Pará, Brasil
Prisão de Altamira, Pará, Brasil   -  
Direitos de autor
XINGU 230 via EFE
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 57 prisioneiros morreram num motim numa prisão em Altamira, estado do Pará.

16 prisioneiros foram decapitados e os outros morreram asfixiados, de acordo com a imprensa brasileira que cita a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe).

A rebelião no Centro de Recuperação Regional de Altamira foi motivada por conflitos entre organizações criminosas rivais.

Durante o motim, dois guardas prisionais foram feitos reféns e depois libertados

Este foi o segundo maior massacre em prisões brasileiras em 2019. Em maio, 55 presos foram mortos dentro de uma prisão no estado do Amazonas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.