A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Parada LGBT de Amesterdão reúne 500 mil pessoas

Parada LGBT de Amesterdão reúne 500 mil pessoas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em Amesterdão, o orgulho LGBT celebra-se, não com carros alegóricos, mas com barcos alegóricos, já que tudo decorre nos canais da cidade. A parada gay da maior cidade da Holanda é uma das maiores e mais populares do mundo e este ano não foi exceção, com 500 mil participantes, apesar das medidas mais restritas. "Lembrar o passado e criar o futuro" foi o lema deste ano. A Holanda tem uma tradição de tolerância, que os participantes não esqueceram: "Eu e o meu marido andamos sempre de mãos dadas e, em sete anos, nunca tivemos problemas, tirando dois ou três episódios, mas acredito que várias pessoas sofram com a homofobia", diz um participante.

Há quem acredite que essa tradição de tolerância esteja a desaparecer: "Há cada vez menos aceitação e tolerância, por isso estes eventos são tão importantes", diz outro homem.

Esta parada decorreu sem problemas, ao contrário da da semana passada, em que uma polémica ameaçou estragar a festa: Uma organização pedófila pediu para participar na parada, mas foi impedida pela organização. Um membro desse grupo ainda tentou distribuir panfletos durante o evento, perante a ira de vários participantes, e acabou expulso.