Fogo sem fim à vista na Rússia

Fogo sem fim à vista na Rússia
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

470 incêndios ativos continuam a provocar um rasto imenso de cinzas na Sibéria. Especialistas e organizações ambientais afirmam que se está perante um grave desastre ambiental.

PUBLICIDADE

470 incêndios ativos em território russo, uma área comparável ao território da Bélgica, continuam a provocar um rasto imenso de cinzas na Sibéria.

Desde a semana passada que os militares estão envolvidos no combate às chamas. Só este domingo, as aeronaves lançaram mais de 1.200 toneladas de água sobre os fogos e foram feitos alguns progressos.

"A situação continua preocupante. Todos os dias realizamos as nossas missões, que incluem mais de 40 descargas de água sobre os incêndios. As operações continuam. Infelizmente não é possível fazer isso em todos os lugares por causa do fumo espesso em algumas áreas, o que torna o voo inseguro," afirmou o comandante de esquadrão de helicópteros Andrei Persiyanov.

Extensas nuvens de fumo atingem, desde há algumas semanas, Irkutsk e Krasnoyarsk, e no final de julho chegaram aos Urais.

Especialistas e organizações ambientais afirmam que se está perante um grave desastre ambiental.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mão criminosa nos incêndios na Sibéria

Rússia aborta lançamento do foguetão Angara-A5 a minutos da descolagem

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"