A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sala de espiões encontrada na Eslovénia

Sala de espiões encontrada na Eslovénia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um esconderijo de espiões, utilizado pelos antigos serviços secretos jugoslavos na era do comunismo, foi descoberto num hotel da Eslovénia.

Nikola Simic, especialista em telecomunicações, explicou à euronews a importância da descoberta.

“Este equipamento foi usado para coordenar certas ações militares, para recolher informações no terreno onde talvez estivesse o inimigo, ou algo do género. E também foi usado como meio de comunicação entre os altos funcionários do governo, políticos, proteção civil e militares”.

A sala de vigilância foi encontrada em 2016, durante os trabalhos de renovação do Hotel Jama, situado na região da Caverna de Postojna. Marjan Batagelj, diretor do Hotel, sublinha que o local foi um ponto estratégico para a antiga Jugoslávia.

“Era a rota mais fácil entre a Europa Ocidental e o Leste. A caverna de Postojna foi um dos locais mais visitados da Europa Oriental. Alguns estadistas vieram cá e muitos turistas. Havia muita informação disponível”.

Um autêntico cenário de um filme de espiões. Botões, cabos e quadros elétricos usados para transferir chamadas ou reportar movimento inimigo. Um esconderijo que agora é visitado pelos turistas da Caverna de Postojna, na Eslovénia.