A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tensão em Hong Kong faz disparar procura de "vistos gold"

Tensão em Hong Kong faz disparar procura de "vistos gold"
Direitos de autor
REUTERS/Rafael Marchante
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cidadãos de Hong Kong olham para Portugal como porta de saída do território, mergulhado numa escalada de tensão social. As agências de imobiliário de luxo registaram um aumento de 260 por cento nos pedidos de informação sobre o programa de vistos Gold no último ano. A informação é avançada pelo jornal South China Morning Post, um jornal chinês editado em Hong Kong.

O Programa português de Autorização de Residência para Atividade de Investimento foi lançado há quase sete anos. Desde o início que a China lidera consistentemente a atribuição de vistos Gold, com mais de 4300 autorizações de residência. Em segundo lugar está o Brasil, com cerca de 800 vistos atribuídos.

Só no ano passado, cidadãos de Hong Kong investiram cerca de 270 milhões de euros na compra de propriedades em Portugal.

A estabilidade do país, o clima temperado e a alta rentabilidade do mercado imobiliário são apontados como motivos para a a escolha de Portugal como residência na Europa.