Última hora

Motoristas decidem greve em plenário sindical

Motoristas decidem greve em plenário sindical
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ao sétimo dia, a greve dos motoristas de matérias perigosas em Portugal pode estar mais perto do descanso.

Sem acordo alcançado entre o sindicato nacional dos trabalhadores e os patrões, o país aguarda pela conclusão do plenário deste domingo. Da reunião sindical, em Aveiras de Cima, poderá sair a decisão de, ao fim de uma semana, por fim à greve e retomar o processo de negociações.

Esta foi, aliás, a condição imposta pela Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM), representante do patronato, que só está disposta a negociar se os motoristas voltarem à estrada.

Durante a manhã de domingo, o ministro português do ambiente confirmou a possibilidade de uma reunião assim que ambas as partes mostrarem estar disponíveis para se sentar à mesma mesa.

"Existem já todas as condições para que o único sindicato que ainda está em greve faça como os outros dois e se sente à mesa para negociar (...) Essa reunião será marcada imediatamente. Nem vejo razão para que não seja marcada já para amanhã, segunda-feira", afirmou Matos Fernandes.

A reunião não será segunda, mas terça-feira, confirmou fonte governamental à agência Lusa. Isto, claro, se a greve for desconvocada.

O executivo português garante ainda que os serviços mínimos estão assegurados, tendo até sido ultrapassados, este sábado, devido aos trabalhadores que "já não estão em greve".

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.