A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"5 Estrelas" impõe Giuseppe Conte

"5 Estrelas" impõe Giuseppe Conte
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Itália está mais próxima de encontrar um novo Governo.

Nas negociações desta terça-feira, o movimento "5 Estrelas" conseguiu que o Partido Democrático retirasse o veto a um Executivo liderado pelo atual primeiro-ministro Giuseppe Conte.

As negociações seguem em contrarrelógio pois o presidente italiano, Sergio Matarella, iniciou a segunda ronda de consultas.

Para o jornalista da Reuters, Gavin Jones, "parece que o "5 Estrelas" e o Partido Democrático estão na reta final das negociações. (...) Agora, parece que têm muitas divergências, muitas altercações sobre posições governamentais, possivelmente sobre política e ainda não sabemos se esta é apenas uma tática de última hora para ganhar vantagem e para obter o maior número possível de cargos do Governo. Ou se poderia ser realmente o sinal de que as coisas vão desmoronar-se. Esta crise governamental tem estado em voltas e reviravoltas desde que começou, há cerca de duas semanas, e está cheia de surpresas. Temos de ver..."

O movimento antissistema "5 Estrelas" e o Partido Democrático têm até esta quarta-feira para entrar em consenso e formar uma novo Executivo. Findo esse prazo, caso não haja acordo, o presidente Sergio Matarella convocará eleições antecipadas.