Última hora
This content is not available in your region

Greta Thunberg pisa terra firme em Nova Iorque

euronews_icons_loading
Greta Thunberg pisa terra firme em Nova Iorque
Tamanho do texto Aa Aa

Foram precisas duas semanas, desde a partida do porto de Plymouth, no Reino Unido, mas Greta Thunberg finalmente pisou terra firme em Nova Iorque.

A ativista ambiental, que procurou desta forma contrariar o impacto das emissões poluentes das viagens de avião, cruzou o Atlântico a bordo de um veleiro ecológico, equipado com turbinas alimentadas por painéis solares.

Nos EUA, participará na cimeira do clima da ONU, entre 21 e 23 de setembro.

À chegada, apelou ao presidente americano Donald Trump para "ouvir a ciência" e para humanidade a "parar de destruir a natureza."

"É tudo muito avassalador. Para mim, o solo continua a tremer. Mas quero agradecer a todos os que estão aqui e que estão envolvidos no combate às alterações climáticas, porque é uma luta além-fronteiras, transcontinental", sublinhou Greta Thunberg.

A jovem de 16 anos era esperada mais cedo, mas as condições do mar atrasaram a viagem, que foi documentando através das redes sociais.

Depois dos EUA, a ativista, que inspirou um movimento global de luta contra as alterações climáticas, passará pelo Canadá, México e Chile, onde deverá participar em outra conferência sobre a emergência climática, em dezembro.

Para já, não se sabe como regressará a casa.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.