Última hora

Itália autoriza desembarque de mulheres, crianças e doentes

Itália autoriza desembarque de mulheres, crianças e doentes
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro italiano do Interior autorizou o desembarque de mulheres, crianças e migrantes doentes que estão a bordo do navio humanitário, Mare Jonio. Matteo Salvini, que vai ficar de fora do novo Governo, tinha proibido na quarta-feira, a entrada da embarcação em águas italianas, depois de esta ter resgatado 100 migrantes do Mediterrâneo.

Esta quinta-feira um juiz italiano ordenou a devolução do barco Open Arms à ONG espanhola, que estava imobilizado desde 22 de agosto, por ordem das autoridades italianas, após uma inspeção da Guarda Costeira do país lhe ter detetado "anomalias graves".

Na quarta-feira, a Guarda Costeira espanhola resgatou 208 migrantes, quando estes tentavam atravessar de África para Espanha. Os migrantes subsarianos foram encontrados em três botes e depois do resgate levados para Almeria e Málaga.

Até meados de agosto chegaram mais de 18 mil migrantes a Espanha.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.