Última hora
This content is not available in your region

Eleições Regionais na Alemanha

euronews_icons_loading
Eleições Regionais na Alemanha
Direitos de autor  REUTERS/Hannibal Hanschke
Tamanho do texto Aa Aa

Já passaram quase 30 anos desde a queda do muro de Berlim. Mas nos estados de Brandemburgo e Saxónia, no leste da Alemanha, a reunificação tornou-se uma grande questão política.

Os dois estados vão realizar eleições, este domingo, e a “Alternativa para a Alemanha” (AFD) assume-se com a defensora da revolução pacífica de 1989. O partido defende uma "correcção política" e diz que hoje, o país é tão antidemocrático como na altura da ditadura da Alemanha Oriental.

Falar em 1989 parece ser uma boa estratégia. A AFD pode tornar-se a grande vencedora das eleições nos dois estados. O partido conta com os votos de muitos alemães descontentes com o percurso do pais, depois da reunificação.

Alguns dos líderes dos protestos dos anos 80 estão indignados com o facto de a AFD reivindicar a revolução. Dizem que lutaram por justiça e democracia, valores que consideram desprezados pelo partido de extrema-direita.