Última hora

Cessar-fogo entra em vigor na região de Idlib

Cessar-fogo entra em vigor na região de Idlib
Direitos de autor
رويترز
Tamanho do texto Aa Aa

Entrou em vigor na madrugada deste sábado (04h00 em Portugal) um "cessar-fogo unilateral" das forças governamentais sírias na região de Idlib.

O anúncio foi feito pelo exército russo em comunicado, no qual apelou aos líderes dos grupos rebeldes para "abandonarem as provocações e juntarem-se ao processo de resolução pacífica" nas zonas que controlam.

Após vários meses de intensos bombardeamentos pelas aviações russa e síria, as forças do presidente Bashar al-Assad iniciaram a 8 de agosto uma ofensiva terrestre na província de Idlib, dominada pelos jiadistas do Hayat Tahrir al-Sham (HTS, ex-ramo sírio da al-Qaeda), mas onde se encontram também vários grupos rebeldes.

Na quinta-feira, as forças pró-governamentais conquistaram novos setores na zona, depois de já terem tomado a importante cidade de Khan Cheikhoun, no sul de Idlib.

Quem já reagiu a esta situação foi o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, que confessou que "estaria a mentir se dissesse que a evolução do Idlib está no ponto desejado".

O líder turco lembrou ainda que "cerca de 600 mil pessoas morreram em Idlib e quase o dobro de pessoas estão a migrar para norte", na direção da Turquia e que o país "precisa de estar atento e pronto para tomar todas as medidas".

Nas últimas horas antes do cessar-fogo, centenas de manifestantes marcharam por Idlib rumo à fronteira turca, exigindo a Ancara a abertura da fronteira ou o fim dos ataques.

Ativistas da oposição revelaram que a guarda fronteiriça turca respondeu com gás lacrimogéneo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.