EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Brexit: deputados preparam ação legal contra Johnson

Brexit: deputados preparam ação legal contra Johnson
Direitos de autor Andrew Milligan/Pool via REUTERS
Direitos de autor Andrew Milligan/Pool via REUTERS
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Legisladores querem obrigar primeiro-ministro britânico a acatar decisão parlamentar e pedir adiamento de três meses no Brexit, na falta de acordo com a UE

PUBLICIDADE

Deputados de vários partidos britânicos, incluíndo conservadores expulsos do próprio grupo parlamentar, estão a preparar medidas legais para forçar o primeiro-ministro Boris Johnson a pedir um adiamento no Brexit, na falta de acordo com a União Europeia.

A informação foi avançada pela cadeia britânica BBC e confirmada pelo líder da oposição trabalhista. Jeremy Corbyn afirmou que "a melhor coisa que podem fazer é obrigá-lo a aceitar a decisão do Parlamento, que passou a lei, para evitar um desmoronamento a 31 de outubro, extendendo por três meses para permitir negociações razoáveis com a UE. Qualquer primeiro-ministro com juízo o faria".

Johnson prometeu avançar com a saída do Reino Unido do bloco comunitário no fim de outubro, mesmo sem acordo, afirmando mesmo que preferia "morrer numa vala" do que pedir um adiamento. O primeiro-ministro britânico considera que a lei a favor do adiamento, aprovada na sexta-feira no Parlamento e que deverá receber segunda-feira o aval da rainha Isabel II, só lhe força a mão "em teoria".

Este sábado, defensores e opositores do Brexit voltaram a sair à rua em Londres, enquanto na capital alemã, Berlim, a comunidade britânica se mobilizava para protestar contra uma saída da UE sem acordo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

William apareceu sem Kate na "Garden Party" de verão do Palácio de Buckingham

Jovem de 13 anos morre após ataque com espada em Londres

Sunak anuncia: voos de deportação do Reino Unido para o Ruanda devem começar dentro de poucos meses