A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Boris Johnson tem plano para contornar parlamento

Boris Johnson tem plano para contornar parlamento
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Boris Johnson tem um plano para impedir uma extensão do Brexit por mais três meses, caso o acordo com Bruxelas continue sem aprovação no parlamento.

Segundo o jornal Daily Telegraph, os conselheiros do primeiro-ministro britânico reuniram-se no domingo para traçar uma estratégia para contrariar as tentativas do parlamento de forçar um novo prolongamento de três meses.

Os deputados aprovaram já uma medida para impedir um Brexit sem acordo a 31 de outubro, que o chefe do Governo pretende contornar. Boris Johnson insiste na marcação de eleições antecipadas, que a oposição não quer antes de garantir um adiamento.

Os parceiros comunitários continuam reticentes e a França rejeita um novo adiamento, nas presentes condições.

"Há um impasse e os britânicos têm de nos dizer o que querem. Não nos vamos substituir a eles, eles é que têm de nos dizer o que querem. No estado atual das coisas, a resposta a um pedido de adiamento é não. Dizem que querem propor soluções alternativas para garantir a retirada e proteger-se de um Brexit sem acordo, mas ainda não vimos nada, por isso a resposta é não. Não vamos recomeçar tudo de três em três meses", disse o chefe da diplomacia francesa Jean-Yves Le Drian.

Com Johnson a tentar, mais uma vez, a realização de eleições antecipadas, a oposição deve pedir um debate de emergência para obrigar o primeiro-ministro a publicar um documento com o plano para o Brexit sem acordo e pedir uma extensão do prazo, caso não haja acordo até ao dia 19 de outubro. A data para a saída do Reino Unido da União Europeia está marcada para 31 de outubro.