Última hora

Princípio de acordo prevê redistribuição de migrantes

Princípio de acordo prevê redistribuição de migrantes
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A ilha de Malta está no coração do Mediterrâneo, da crise migratória e quer estar no centro de uma solução. Foi na capital maltesa que os ministros do Interior de cinco países da União Europeia chegaram a um princípio de acordo para redistribuir os migrantes resgatados do Mediterrâneo, com o objetivo de atenuar a pressão colocada nos países do sul.

Segundo a ministra do Interior de Itália, Luciana Lamorgese, os migrantes resgatados deverão ser reenviados para um novo país de acolhimento no prazo de quatro semanas. Malta, Itália, França, Alemanha e Finlândia, foram os cinco signatários do acordo, falta agora convencer os ministros do interior dos restantes 28.

A proposta será discutida durante uma cimeira no Luxemburgo, em outubro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.