EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Donald Trump confirma suspensão da ajuda à Ucrânia

Donald Trump confirma suspensão da ajuda à Ucrânia
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente dos EUA aproveita ainda para desferir mais um ataque a Joe Biden

PUBLICIDADE

Donald Trump confirmou as notícias que davam conta de uma suspensão do pagamento de 400 milhões de dólares de ajuda à Ucrânia. Para o líder norte-americano, os motivos são simples:

"Porque, e isto é muito importante, quero que os outros países também entrem com dinheiro. É injusto nós pagarmos e Alemanha, França e outros países não contribuírem financeiramente, tem sido essa a minha queixa desde o início."

O presidente dos Estados Unidos aproveitou ainda para lançar umas farpas na direção de Joe Biden. Trump voltou a pedir que se investigue um dos possíveis adversários na corrida à Casa Branca em 2020 mas negou ter pressionado por telefone o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, para o fazer:

"O telefonema foi perfeito, não poderia ter sido melhor e até o governo ucraniano emitiu um comunicado a dizer isso. Não foi colocada pressão em ninguém. Houve pressão, isso sim, no caso do Joe Biden, o que ele fez pelo filho é que devia ser investigado."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Forças militares de Kiev reposicionam-se

Houthis reivindicam ataques a contratorpedeiro dos EUA e a dois navios petroleiros

Análise: navios russos enviados para Cuba são uma "demonstração de força" de Putin