Última hora

Netanyahu encarregue de formar governo

Netanyahu encarregue de formar governo
Direitos de autor
REUTERS/Ronen Zvulun
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente israelita Reuven Rivlin encarregou o primeiro-ministro cessante Benjamin Netanyahu de formar o próximo governo de coligação, com o objetivo de tentar ultrapassar o impasse criado pelas legislativas de abril, repetidas em setembro, que não permitiram em nenhuma das duas ocasiões definir um claro vencedor.

Netanyahu prometeu "fazer o máximo possível com o mandato atribuído. Caso não tenha sucesso, esse mandato será devolvido e, com a ajuda de Deus, dos cidadãos israelitas e do presidente, será estabelecido no futuro um governo alargado de unidade nacional".

O líder do partido centrista "Azul e Branco" Benny Gantz, grande rival de Netanyahu nas eleições, já rejeitou a oferta para integrar um governo de união.

O primeiro-ministro tem seis semanas para tentar formar um executivo. Atualmente apoiado por 55 deputados, contra os 54 assentos do parlamento favoráveis a Gantz, Netanyahu precisa de atrair pelo menos outros 6 legisladores para obter a maioria de 61 dos 120 assentos da Knesset.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.