Última hora

Acordo de conectividade entre Bruxelas e Tóquio

Acordo de conectividade entre Bruxelas e Tóquio
Tamanho do texto Aa Aa

Um aperto de mão entre Jean Claude Juncker e Shinzo Abe e uma aliança que faz parte da estratégia da União Europeia para interligar a Europa e a Ásia. O bloco europeu e o Japão assinaram um acordo para coordenar as redes de transporte, a energia e projetos digitais.

"Estamos firmemente comprometidos em preservar um sistema mundial - e a atualizá-lo quando necessário - com base nas regras globais e estamos prontos a trabalhar em conjunto com todos os nossos parceiros para o alcançar. [...] Trata-se de deixar um mundo mais interligado à próxima geração e um ambiente mais limpo - e não montanhas de dívidas".
JEAN-CLAUDE JUNCKER
Presidente Comissão Europeia
"Senhoras e Senhores Deputados, estamos numa época em que os valores e princípios que consideramos queridos podem ser desviados. E, no entanto, a UE e o Japão - dois polos da Eurásia - forjaram um Acordo de Parceria Estratégica e fizeram uma declaração retumbante. A declaração é que o Japão e a Europa são capazes de continuar a uma cooperação duradoura como parceiros estratégicos, porque partilham valores e princípios comuns".
SHINZO ABE
Primeiro-ministro japonês

O acordo é o ponto fundamental do chamado "plano de conectividade" entre Bruxelas e Tóquio e pretende assegurar uma conectividade eficiente e sustentável - num mundo que depende, cada vez mais, de redes de dados sofisticadas, das ligações energéticas e da mobilidade das pessoas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.