A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

A crise grega já deu um filme

A crise grega já deu um filme
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Antes de estrear, são já muitas as críticas ao mais recente filme do realizador grego Costas-Gavras.

"Adults in the Room" retrata a crise da dívida grega recente, a possibilidade de um Grexit e as longas negociações entre o governo de Alexis Tsipras e a troika que os portugueses tão bem conheceram.

Para Costa-Gavras, "as reações ao filme são normais. "Adults in the Room" retrata um período que o povo grego experienciou de dorma intensa. Eles conhecem estes eventos muito bem. Como disse anteriormente, cada grego fez o seu próprio filme deste período. Tem uma ideia pessoal sobre o que aconteceu, como lhe aconteceu. Agora, vem outra pessoa mostrar-lhe um ângulo diferente e diz-lhe: afinal não aconteceu como pensavas; aconteceu como te estou a dizer. O que lhes digo é: podem acreditar no que quiserem. Vejam e decidam."

Um recado para as centenas de pessoas que tem espalhado críticas negativas pela internet ainda antes da estreia. De tal forma que o IMDB, um dos pais populares indexadores de filmes e séries, apagou comentários, por serem mais políticos do que cinéfilos.

O ator Christos Loulis dá vida a Yanis Varoufakis, o antigo ministro grego das Finanças, protagonista do filme, e defende que o Cinema pode ser uma ferramenta para lidar com a realidade. "Penso que temos de falar acerca disto tudo e lidar com estes eventos enquanto ainda estão frescos, enquanto são recentes. O tempo contribui para acalmar as emoções e ganhar distância do que aconteceu. A arte ajuda-nos a ganhar distância de eventos recentes", afirma.

Para os cinéfilos, as críticas negativas cheiram a censura. Entrevistada pela euronews, a crítica de cinema Lida Galanou diz que "se começamos a julgar se um realizador pode ou não trabalhar sobre uma personalidade ou evento, entramos num processo muito asustador e perigoso de censura".

"Adults in the Room" chega esta semana às salas de cinema gregas. Ainda não tem estreia marcada em Portugal. Em Espanha estreia-se dentro de duas semanas e em França a 6 de novembro.