A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Príncipe Harry e Meghan Markle em guerra com os tablóides

Meghan Markle e Harry, os duques de Sussex, estão em guerra com a imprensa
Meghan Markle e Harry, os duques de Sussex, estão em guerra com a imprensa -
Direitos de autor
Dominic Lipinski/Pool via REUTERS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O príncipe Harry, de Inglaterra, entrou com um processo na justiça do Reino Unido contra os donos dos jornais britânicos The Sun e Daily Mirror.

Embora o conteúdo de ambas as queixas não seja ainda conhecido, em causa estão tentativas de acesso ilegal à caixa de mensagens do telemóvel do filho mais novo da princesa Diana.

O processo apresentado por Harry, já confirmado pelo Palácio de Buckinham, foi conhecido poucos dias depois de a mulher, Meghan Markle, a duquesa de Sussex, ter também ela apresentado uma queixa contra o jornal Mail on Sunday devido à publicação sem autorização de uma carta privada.

O príncipe Harry comparou o assédio dos tabloides britânicos a Meghan Markle ao mesmo que perseguiu a mãe, a princesa Diana, até à morte, num acidente de automóvel ocorrido há pouco mais de 20 anos em Paris e relacionado com uma suposta fuga a "paparazzi".

O jornal The Guardian sugere que as queixas de Harry agora conhecidas, apresentadas pelo escritório de advogados Clintons, podem referir-se a episódios antigos.

O duque de Sussex e o irmão mais velho, William, estiveram sob os holofotes na primeira década do novo milénio, numa polémica de alegadas violações de privacidade cometidas por jornalistas afetos a tabloides britânicos que fariam escutas ilegais regularmente aos telefones de ambos os membros da Família Real britânica.