Última hora

Francis Ford Coppola recebeu o Prémio Lumière 2019

Francis Ford Coppola recebeu o Prémio Lumière 2019
Direitos de autor
euronews
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Vencedor de 6 Oscares e das duas Palmas de Ouro, Francis Ford Coppola recebeu o Prémio Lumière 2019, um galardão atribuído desde 2009 a um dos grandes nomes do cinema. Coppola sucede a estrelas como Clint Eastwood, Pedro Almodovar, Jane Fonda ou Quentin Tarantino.

Thierry Frémaux, diretor do Festival de Cinema Lumière acredita que "faz todo o sentido que Francis Ford Coppola receba este prémio, é um gigante, uma personalidade enorme, uma personalidade porque é um ótimo realizador, mas também é produtor de filmes e produtor de vinho. É alguém que alterna entre a extrema independência e a encarnação desses grandes aventureiros de Hollywood. Vivemos a época em que fez os três Padrinhos e Apocalypse Now e tantos outros filmes e que agora pôde estar aqui conosco e receber o Prémio Lumière "

Como sempre, o vencedor do Prémio Lumière faz um "remake" de La Sortie des Usines Lumiere, o primeiro filme da história do cinema, filmado pelos irmãos Lumière, nos primórdios da invenção da sétima arte.

Além disso, é colocada uma placa "Muro dos cineastas", no Instituto Lumière, em Lyon, França.

O festival tornou-se em poucos anos num enorme sucesso. Nesta edição, participaram mais de 100.000 espectadores e quase 180 filmes clássicos foram apresentados. São também são organizados várias encontros que permitem ao público estar mais perto dos artistas convidados. Este ano, um diretor britânico teve um enorme sucesso num debate muito político, dominado pelo Brexit.

Ken Loach lembrou a importância de ver os filmes nos cinemas: "aprecio o valor do filme, além de ir ao cinema, é realmente importante, é uma experiência muito emocionante".

Ken Loach apresentou o novo filme, "Sorry We Missed You", a história de uma família cuja vida muda radicalmente no momento em que o pai aceita em trabalhar sozinho para uma empresa de entregas ao domicílio que faz lembrar a Amazon.

O ator e realizador francês Daniel Auteuil recebeu uma grande homenagem depois de quase 50 anos de carreira e cem filmes no curriculo, entre eles, Belle Epoque, apresentado em Cannes em maio deste ano e que chega aos cinemas franceses em novembro.

Daniel Auteuil acredita que "se a homenagem tivesse focado apenas o passado, seria muito bonita, mas ficaria triste. Esta é uma homenagem que me é dada agora, no decorrer da minha carreira, é algo que me incentiva ".

Por este festival passaram outros nomes de destaque como Frances McDormand, Donald Sutherland, Gael Garcia Bernal ou o coreano que recebeu a última Palma de Ouro com o filme Parasite, Bong Joon-Ho.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.