Última hora

Tóquio: do Ukiyo-e à Manga

Tóquio: do Ukiyo-e à Manga
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

#

Tóquio é um lugar de contrastes onde a tradição se mistura com a inovação.

Este ano, o Palácio Imperial do Japão viu um novo Imperador subir ao trono – é o início de uma nova era. No programa "Tokyo on the Move", a jornalista Naomi Lloyd foi descobrir as razões que tornam a cidade tão apelativa para os amantes de arte.

O Instituto Adachi reúne algumas das mais importantes coleções de Ukiyo-e: gravuras em blocos de madeira com linhas delicadas e cores vivas que marcaram a arte japonesa entre os séculos XVII e XIX.

Meguri Nakayama, diretora do museu, apresenta-nos esta arte que resistiu ao “teste do tempo”

“Ukiyo-e fazia parte da cultura popular e era apreciado pelo público durante o período Edo. As gravuras eram produzidas por editoras. Retratam as belas mulheres da época e a natureza”.

Naomi Lloyd (NL) : Porque é que estas gravuras continuam a ter a atenção do público?

Meguri Nakayama : Penso que o que as torna interessantes, hoje em dia, na era digital, é o facto de serem analógicas - feitas uma a uma e à mão.

Muitas das cenas ilustradas em Ukiyo-e ainda podem ser encontradas na cidade.

Para além de replicar as obras mais antigas e conhecidas, o instituto Adachi colabora com artistas contemporâneos para criar peças originais. Os artesãos são treinados com as técnicas antigas, mantendo a tradição viva para as gerações futuras.

Chikura Kishi é um dos artesãos que recuperou a tradição.

"Estudei na universidade de artes plásticas e tive a oportunidade de ver a técnica de Ukiyo-e. Fiquei fascinado com o nível das técnicas que foram desenvolvidas por várias gerações".

Akira Yamaguchi é um dos artistas da nova geração de Tóquio que usa técnicas Ukiyo-e para criar um novo estilo de arte. Passou a maior parte da vida no bairro de Chuo, que ainda é uma fonte de inspiração.

“Conseguimos perceber que este bairro é diferente de outras áreas. Há uma mistura de modernidade com os edifícios antigos e é isso que inspira os estilos nas minhas pinturas”.

Nas paisagens urbanas de Akira Yamaguchi, edifícios e personagens antigos misturam-se com arranha-céus modernos e com elementos de fantasia e ficção científica. Yamaguchi também é um artista conhecido de Manga.

Os artistas de Tóquio estão na vanguarda da cena Manga e os locais representados nos seus desenhos atraem visitantes de todo o mundo.

Nana Midoro, especialista em Manga, sublinha que há semelhanças com o Ukiyo-e.

“Os artistas de Manga usam a mesma perspectiva das obras de Ukiyo-e para desenhar os melhores ângulos de a acção em cada frame".

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.