Última hora

Mundial de Clubes da FIFA de 2021 é na China

Mundial de Clubes da FIFA de 2021 é na China
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A China será a anfitriã do Mundial de Clubes de 2021. Segundo o anúncio da Federação Internacional de Futebol, esta será uma competição inédita pois vai contar com a participação de 24 clubes, provenientes de todo o mundo.

Depois de uma reunião do Conselho da entidade de Xangai, a FIFA anunciou que o campeonato vai realizar-se entre junho e julho de 2021.

"O novo campeonato mundial de clubes da FIFA será uma competição pela qual todas as pessoas, todas as crianças e todos os que amam o futebol estão ansiosos. É o primeiro campeonato do mundo real e verdadeiro, onde competirão as melhores equipas e os melhores clubes do mundo", assegurou o presidente da FIFA, Gianni Infantino.

A FIFA anunciou, ainda, o aumento do investimento para o futebol feminino, que passará a mil milhões de dólares, o equivalente a 900 milhões de euros, nos próximos quatro anos.

O novo campeonato do Mundo de Clubes vai substituir a Taça das Confederações. A nova versão não conta com o apoio do órgão dirigente do futebol europeu, a UEFA, nem da Associação Europeia de Clubes, que já avisaram que vão boicotar o novo campeonato.

As edições de 2019 e 2020, ainda no formato antigo, serão em dezembro e vão realizar-se no Catar.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.