EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Manifestações recomeçam no Iraque

Manifestações recomeçam no Iraque
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Desde o início do mês já morreram mais de 150 pessoas nos protestos

PUBLICIDADE

Depois de uma pausa de três semanas, as manifestações contra o governo voltaram ao Iraque.

Esta sexta-feira, o primeiro-ministro Adel Abdul-Mahdi garantiu que vai fazer uma restruturação governamental e prometeu novas reformas. Mas durante o dia, seis manifestantes morreram nos confrontos no sul do país e dois em Bagdad, atingidos mortalmente por gás lacrimogéneo e granadas de som.

O Ayatollah Ali Sistani, a mais alta autoridade religiosa xiita do país, pede "contenção" para evitar o "caos”.

Os manifestantes querem o fim do governo e da corrupção e melhores condições de vida, principalmente emprego, eletricidade e água potável.

Desde o início do mês já morreram mais de 150 pessoas nos protestos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Confrontos violentos em Bagdade fazem quatro mortos

Opositor de Orbán mobiliza milhares em manifestação anti-governo

União Europeia condena lei do Iraque que criminaliza homossexualidade