Última hora

Manifestação histórica no Chile

Manifestação histórica no Chile
Direitos de autor
REUTERS/Pablo Sanhueza
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foi uma manifestação histórica em Santiago, no Chile. Os protestos contra a desigualdade social atingiram um nível sem precedentes. Mais de um milhão de pessoas, nas ruas pela mesma causa - para exigir a saída do presidente Sebastián Piñera e profundas reformas sociais.

Foi uma concentração inédita na história democrática do Chile - só comparável às mobilizações de 1988 contra a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990) .

O tom pacífico manteve-se durante algumas horas até à intervenção da polícia de choque, com gás lacrimogéneo. Nessa altura, o vandalismo entrou em cena e alguns homens encapuzados incendiaram entradas de metro.

Quase duas dezenas de vítimas, incêndios, confrontos e detenções compõem o cenário dos protestos desde o passado dia 18.

O país está em crise política e o povo que ocupou o centro da capital chilena exige igualdade, em todas as frentes.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.