Última hora

Depoimento de Yovanovitch provoca ondas de choque na Casa Branca

Depoimento de Yovanovitch provoca ondas de choque na Casa Branca
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O depoimento de Marie Yovanovitch é crucial no processo de destituição de Donald Trump e as palavras da antiga embaixadora dos Estados Unidos na Ucrânia esta sexta-feira no Congresso provocaram ondas de choque na Casa Branca.

A diplomata acusou o presidente de liderar uma campanha para a retirar do cargo uma vez que tinha mexido com vários interesses poderosos na sua luta contra a corrupção na Ucrânia:

"O que me espanta é que os ucranianos corruptos encontrem americanos dispostos a colaborar com eles. E que juntos, orquestrem com sucesso a saída de um embaixador dos Estados Unidos. Desilude-me que a liderança do Departamento de Estado não tenha reconhecido que os ataques contra mim são perigosamente errados."

Donald Trump respondeu na hora e no Twitter, como é seu apanágio, acusando Yovanovitch de fazer um mau trabalho por todos os sítios onde passou, sublinhando que tem o direito absoluto de nomear embaixadores.

O ataque digital pode ser considerado crime, intimidação a testemunha. Convidada a reagir em direto, a diplomata não teve dúvidas: "bom, é bastante intimidatório..."

O processo de destituição centra-se nas relações entre Washington e Kiev. Donald Trump é acusado de reter perto de 400 milhões de dólares de ajuda militar à Ucrânia para pressionar Volodymyr Zelensky a investigar a empresa ucraniana de um filho do seu rival político, Joe Biden.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.