Vulcão da Nova Zelândia faz cinco mortos e oito desaparecidos

Vulcão da Nova Zelândia faz cinco mortos e oito desaparecidos
Direitos de autor Michael Schade via AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeira-ministra neo-zelandesa confirmou algumas das nacionalidades das vítimas.

PUBLICIDADE

Oito pessoas continuam desaparecidas na sequência da erupção do vulcão da Ilha Branca, na Nova Zelândia, esta segunda-feira. Com as operações de busca em curso, questões sobre segurança começam a ser levantadas. As autoridades poderão investigar em que condições estavam a ser feitas as visitas turísticas por altura do incidente.

Entre as 47 pessoas que se encontravam na ilha, cinco tiveram já a morte confirmada.

As equipas de salvamento conseguiram resgatar 34 sobreviventes, que seguiram para diversas unidades hospitalares do país.

Em conferência de imprensa, a primeira-ministra da Nova Zelândia prestou as condolências a familiares e amigos. Jacinda Ardern revelou ainda que entre os desaparecidos e feridos há pessoas do próprio país, que faziam a visita turística, mas também da Austrália, dos Estados Unidos, do Reino Unido, da China e da Malásia.

No hospital, permanecem 31 pessoas permanecema ser tratadas por queimaduras, 27 das quais com quase um terço do corpo queimado. Os pacientes têm idades compreendidas entre os 13 e os 72 anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vulcão entra em atividade nas Filipinas

Vulcão Etna entra em erupção e desperta a ilha italiana

Lava engole estrada após nova erupção vulcânica na Islândia