EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Novas escavações em Pompeia revelam santuário invulgar com paredes azuis

Turistas visitam a cidade de Pompeia, destruída pelo vulcão Vesúvio em 79 d.C
Turistas visitam a cidade de Pompeia, destruída pelo vulcão Vesúvio em 79 d.C Direitos de autor Jim Bourdier/1979 AP
Direitos de autor Jim Bourdier/1979 AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Área de oito metros quadrados, com paredes pintadas de azul, foi descoberta em Pompeia. A cor escolhida está a deixar arqueólogos intrigados.

PUBLICIDADE

Uma equipa de arqueólogos fez uma nova descoberta em Pompeia, a cidade italiana que foi engolida pela lava do Vesúvio há quase 2.000 anos.

Trata-se de uma área de oito metros quadrados que tem as paredes pintadas de azul. Os investigadores acreditam que se trate de um antigo santuário ou de um local onde onde se armazenavam objetos sagrados.

O azul foi o que mais chamou a atenção dos arqueólogos que fizeram a descoberta no bairro Regio IX, não sendo muito comum a utilização desta cor.

Nas paredes, estão ainda pintadas figuras femininas que representam as quatro estações do ano, segundo os estudiosos, bem como imagens que remetem para as atividades agrícolas e de pastoreio, provavelmente as mais comuns à época.

Na sala foram ainda encontradas quinze ânforas, antigos vasos usados para transporte; dois jarros e uma enorme pilha de conchas de ostras que se acredita servirem de argamassa ou reboco para a reconstrução de superfícies.

Os trabalhos de escavação que levaram a esta descoberta fazem parte de um projeto de grande dimensão em torno de uma vasta área que inclui mais de 13.000 quartos em 1.070 habitações da cidade que se acredita guardar ainda muitos mistérios.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Descoberto salão de banquetes em Pompeia

Arqueólogos descobrem quarto de escravo em antiga vila romana perto de Pompeia

De pizzas antigas a santuários de serpentes: escavação em Pompeia revela segredos