Última hora
This content is not available in your region

Telma Monteiro conquista bronze no Masters de Qingdao

Telma Monteiro conquista bronze no Masters de Qingdao
Tamanho do texto Aa Aa

Telma Monteiro conquistou esta quinta-feira a medalha de bronze no Masters de Judo de Qingdao, na China.

A prova de fim da temporada reúne os melhores judocas de cada categoria de peso, que têm a oportunidade de avançar rumo à qualificação para os Olímpicos do próximo ano, em Tóquio, no Japão.

A competir em -57 kg, Telma Monteiro começou por derrotar a romena Loreda Ohai e a alemã Theresa Stoll, mas perdeu nos quartos-de-final, frente à japonesa Tsukasa Yoshida.

Na repescagem, a portuguesa bateu a sul coreana Jisu Kim, derrotando depois, no combate pelo bronze, a judoca Chen-Ling Lien, do Taiwan.

Telma Monteiro no combate frente a Chen-Ling Lien.

Para Jin A Kim, da Coréia do Norte, o dia ficará também para a história. A judoca ficou radiante ao derrotar a nipónica Momo Tamaoki e sagrar-se campeã da categoria.

O Homem do Dia

O nipónico Ryuju Nagayama esteve na sua melhor forma e revelou-se o nosso homem do dia. O judoca marcou Ippon em todas as suas competições em -60kg frente aos melhores atletas da actualidade, numa exibição de judo que foi dinâmica e irrepreensível.

Na final, Nagayama superou o espanhol Francisco Garrigos, também por Ippon, conquistando o seu segundo título na prova e dando mais um passo firme rumo àos Olímpicos de Tóquio.

O presidente da Federação de Judo de Espanha e diretor de arbitragem da Federação Internacional de Judo, Juan Carlos Barcos, condecorou o judoca.

"Desde a minha infância que sonho em triunfar por Ippon. Tento fazê-lo em cada torneio e gosto de oferecer um bom espectáculo de judo ao público."
Ryuju Nagayama

A Mulher do Dia

A kosovar Distria Krasniqi revelou-se a nossa mulher do dia. Depois de conquistar a medalha de bronze nos Mundiais no início deste ano, a campeã em título em -48kg repetiu a vitória na China, com um ataque estratosférico contra a mongol Narantsetseg Ganbaatar.

Krasniqi foi condecorada com a medalha de ouro pelo diretor financeiro da Federação Internacional de Judo, Naser Al Tamimi.

"Este foi o meu melhor ano, ganhei também uma medalha nos Mundiais, a minha primeira em séniores. Gostaria de agradecer ao meu treinador, que tem sido incrível, e também aos meus colegas de equipa, pela ajuda incansável que me oferecem sempre na preparação destas competições. Foi, sem dúvida, o meu melhor ano."
Distria Krasniqi

As restantes categorias em prova

O italiano Manuel Lombardo, conquistou a maior vitória de sempre da sua carreira, ao derrotar em -66kg o mongol Kherlen Ganbold com um inteligente Kata Guruma.

Mas hoje o domínio do Japão foi duplo. Em -52kg, a japonesa Ai Shishime sagrou-se campeã, fazendo aquilo que a sua compatriota e rival Uta Abe não conseguiu fazer há algumas semanas atrás: derrotar a francesa Amandine Buchard.

O Momento do Dia

O nosso momento do dia aconteceu na luta pela medalha de bronze, também em -52 kg, quando Diyora Keldiyorova se tornou a primeira judoca uzbeque a conquistar uma medalha num Masters, frente à russa Natalia Kuziutina.

Diyora Keldiyorova e Natalia Kuziutina

Um momento absolutamente lindo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.