Última hora
This content is not available in your region

Telma Monteiro conquista bronze no Masters de Qingdao

euronews_icons_loading
Telma Monteiro conquista bronze no Masters de Qingdao
Tamanho do texto Aa Aa

Telma Monteiro conquistou esta quinta-feira a medalha de bronze no Masters de Judo de Qingdao, na China.

A prova de fim da temporada reúne os melhores judocas de cada categoria de peso, que têm a oportunidade de avançar rumo à qualificação para os Olímpicos do próximo ano, em Tóquio, no Japão.

A competir em -57 kg, Telma Monteiro começou por derrotar a romena Loreda Ohai e a alemã Theresa Stoll, mas perdeu nos quartos-de-final, frente à japonesa Tsukasa Yoshida.

Na repescagem, a portuguesa bateu a sul coreana Jisu Kim, derrotando depois, no combate pelo bronze, a judoca Chen-Ling Lien, do Taiwan.

Telma Monteiro no combate frente a Chen-Ling Lien.

Para Jin A Kim, da Coréia do Norte, o dia ficará também para a história. A judoca ficou radiante ao derrotar a nipónica Momo Tamaoki e sagrar-se campeã da categoria.

O Homem do Dia

O nipónico Ryuju Nagayama esteve na sua melhor forma e revelou-se o nosso homem do dia. O judoca marcou Ippon em todas as suas competições em -60kg frente aos melhores atletas da actualidade, numa exibição de judo que foi dinâmica e irrepreensível.

Na final, Nagayama superou o espanhol Francisco Garrigos, também por Ippon, conquistando o seu segundo título na prova e dando mais um passo firme rumo àos Olímpicos de Tóquio.

O presidente da Federação de Judo de Espanha e diretor de arbitragem da Federação Internacional de Judo, Juan Carlos Barcos, condecorou o judoca.

"Desde a minha infância que sonho em triunfar por Ippon. Tento fazê-lo em cada torneio e gosto de oferecer um bom espectáculo de judo ao público."
Ryuju Nagayama

A Mulher do Dia

A kosovar Distria Krasniqi revelou-se a nossa mulher do dia. Depois de conquistar a medalha de bronze nos Mundiais no início deste ano, a campeã em título em -48kg repetiu a vitória na China, com um ataque estratosférico contra a mongol Narantsetseg Ganbaatar.

Krasniqi foi condecorada com a medalha de ouro pelo diretor financeiro da Federação Internacional de Judo, Naser Al Tamimi.

"Este foi o meu melhor ano, ganhei também uma medalha nos Mundiais, a minha primeira em séniores. Gostaria de agradecer ao meu treinador, que tem sido incrível, e também aos meus colegas de equipa, pela ajuda incansável que me oferecem sempre na preparação destas competições. Foi, sem dúvida, o meu melhor ano."
Distria Krasniqi

As restantes categorias em prova

O italiano Manuel Lombardo, conquistou a maior vitória de sempre da sua carreira, ao derrotar em -66kg o mongol Kherlen Ganbold com um inteligente Kata Guruma.

Mas hoje o domínio do Japão foi duplo. Em -52kg, a japonesa Ai Shishime sagrou-se campeã, fazendo aquilo que a sua compatriota e rival Uta Abe não conseguiu fazer há algumas semanas atrás: derrotar a francesa Amandine Buchard.

O Momento do Dia

O nosso momento do dia aconteceu na luta pela medalha de bronze, também em -52 kg, quando Diyora Keldiyorova se tornou a primeira judoca uzbeque a conquistar uma medalha num Masters, frente à russa Natalia Kuziutina.

Diyora Keldiyorova e Natalia Kuziutina

Um momento absolutamente lindo.