Última hora
This content is not available in your region

Sobe para três o número de mortos devido ao mau tempo

Um bombeiro verifica a situação junto a uma casa de Peyrehorade afetada pelas cheias
Um bombeiro verifica a situação junto a uma casa de Peyrehorade afetada pelas cheias   -  
Direitos de autor
GAIZKA IROZ / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos três pessoas morreram este fim de semana em França devido ao mau tempo, que se abateu principalmente sobre o sudoeste do país.

A última vítima é um homem, de 40 anos, que estava incontactável desde sexta-feira à noite. O cadáver foi encontrado no domingo à tarde dentro da viatura, submersa num curso de água, na região de Landes, a sul de Bordéus.

As fortes chuvas provocaram o transbordo de rios e o nível da água chegou a assustar os residentes.

Em Peyrehorade, o nível das águas do rio Gaves chegou a subir 5,40 metros, aproximando-se do recorde de junho de 2018 (5,68m).

As cheias estão agora a afetar sobretudo os rios Garonne, Adour e Midouze. Muitas estradas correm o risco de ficar inundadas e ter de ser fechadas ao trânsito.

Em algumas localidades está a ser desaconselhado o consumo de água da torneira e, por isso, tem sido distribuída pelos residentes água engarrafada.

Por toda a região do sudoeste francês, cerca de 3.400 residências voltaram a ficar privadas de eletricidade na noite de domingo devido aos fortes ventos que têm afetado a região nos últimos dias.

Pelo menos quatro departamentos de França continuam sob aviso laranja devido ao mau tempo, mas as previsões para esta segunda-feira apontam para chuva forte apenas no noroeste de França.

Todo o sul, de leste a oeste, deverá contar com céu praticamente limpo e temperaturas acima dos quinze graus.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.