Última hora
This content is not available in your region

Star Wars: A verdadeira máquina de fazer dinheiro

Star Wars: A verdadeira máquina de fazer dinheiro
Tamanho do texto Aa Aa

É já esta quarta-feira que estreia, um pouco por todo o mundo, mais um episódio da saga Guerra das Estrelas: "Episódio IX - A Ascensão Skywalker". Um império criado do zero, por George Lucas, e que vale, só em termos de franquia de merchandising 68 mil milhões de dólares.

Foi há mais de 40 anos que George Lucas transformou o rosto do cinema com o lançamento do episódio IV da "Guerra nas Estrelas. Estávamos em 1977 e nada mais seria como dantes. O realizador não se limitou a criar um género cinematográfico como bateu o recorde de bilheteira até então detido por "Tubarão" de Steven Spielberg. Nasciam os chamados "blockbuster" e Lucas mudava, profundamente, o paradigma de negócios da sétima arte.

Face à relutância dos estúdios de Hollywood em financiarem o seu projeto, por temerem um fracasso comercial, George Lucas chegou a um acordo, ousado para a época: renunciou aos 500.000 dólares, inicialmente acordada pelos direitos do merchandising e licença da Guerra nas Estrelas. Daí até hoje, a fortuna feita sobre o sucesso de Star Wars é colossal.

Até aqui, tinham sido lançados alguns produtos relacionados com filmes de animação da Disney, esta era uma indústria pouco desenvolvida. Mas George Lucas estava consciente de que tinha imaginado não apenas um filme mas todo um universo Star Wars e, afinal a coisa estava a funcionar, contra todas as expectativas. Uma aposta ganha, também ao nível do merchandising.

A franquia foi expandida para vários filmes e outras meios de comunicação. Nasceram séries de televisão, videojogos, livros, bandas-desenhadas, e mesmo atrações em parques de diversões, por todo o mundo e mesmo um parque temático sobre este universo sem igual. Só o merchandising dos seis primeiros filmes resultaram em cerca de 20 mil milhões de dólares, em receitas.

E um dia, tudo mudou. O dinheiro chamou a Disney e George Lucas vendeu a sua Lucas Films e com ela marcas como Star Wars, uma máquina de fazer dinheiro. A aquisição acontece em 2012 por mais de quatro mil milhões de dólares.

Star Wars tem um título do Guinness por ser a "franquia de merchandising de filmes mais bem-sucedida". Em 2018, o valor total foi estimado em 65 mil milhões de dólares.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.