UE condena ligação ferroviária entre Rússia e Crimeia

UE condena ligação ferroviária entre Rússia e Crimeia
Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bruxelas denuncia "mais uma violação da soberania da Ucrânia por parte da Rússia"

PUBLICIDADE

A Ucrânia condenou fortemente a inauguração da ligação ferroviária entre a Rússia e a península anexada da Crimeia, conduzida esta segunda-feira pelo próprio Vladimir Putin.

A União Europeia também criticou a abertura da ligação através da ponte sobre o estreito de Kerch, denunciando através do porta-voz da diplomacia europeia Peter Stano "mais uma violação da soberania da Ucrânia por parte da Rússia". Segundo Bruxelas, a ponte, que permite tanto a passagem de comboios como viaturas, "limita a passagem livre de embarcações para os portos ucranianos, o que vai contra a lei internacional".

Putin, que também já tinha inaugurado em maio de 2018 aos comandos de um camião a ligação rodoviária, ordenou a construção da ponte sobre o estreito de Kerch, inicialmente um projeto conjunto entre a Rússia e a Ucrânia, como forma de pôr fim ao isolamento da península na sequência da anexação em março de 2014.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin inaugura troço de autoestrada na Crimeia

Pelo menos 11 mortos e 22 feridos em ataque russo à cidade ucraniana de Chernihiv

Confrontos e detenções em protesto na Geórgia contra lei dos "agentes estrangeiros"