EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Ataque bárbaro" no Burkina Faso

"Ataque bárbaro" no Burkina Faso
Direitos de autor Jerome Delay
Direitos de autor Jerome Delay
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Duplo ataque no Burkina Faso faz várias dezenas de mortos, sobretudo mulheres, numa ofensiva jihadista que terá durado várias horas.

PUBLICIDADE

Trinta e uma mulheres civis foram mortas num duplo ataque no norte do Burkina Faso. Foi o próprio presidente do país, Roch Kaboré, a divulgar no Twitter aquilo que chamou de "ataque bárbaro". Entre as vítimas mortais contam-se ainda sete soldados burquineses e cerca de oito dezenas de combatentes jihadistas, que desencadearam a operação.

Os alvos foram simultaneamente habitantes da localidade de Arbinda e um destacamento militar na zona. Ao que tudo indica, a ofensiva durou várias horas. O país decretou dois dias de luto nacional.

No início de novembro, 38 trabalhadores de uma empresa de exploração mineira foram massacrados na sequência de um ataque na parte este do país. Segundo a ONU, as ofensivas jihadistas no Burkina Faso já levaram à fuga de mais de meio milhão de pessoas desde 2015.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tumultos no Burkina Faso

Houthis atacam navio no Mar Vermelho com drone

França aperta medidas de segurança antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos