Última hora
This content is not available in your region

Viena prepara-se para o Concerto de Ano Novo

euronews_icons_loading
Viena prepara-se para o Concerto de Ano Novo
Direitos de autor  EVN
Tamanho do texto Aa Aa

2020 está a caminho e duas coisas pode esperar de Viena: muito frio e música.

Cumprindo mais uma vez a tradição, a orquestra filarmónica da cidade prepara-se para receber o novo ano, com o Concerto de Ano Novo.

Assim é há 80 anos. Mas hoje-em-dia, quem não se pode deslocar à capital austríaca tem alternativa, o espectáculo é emitido em mais de 90 países e visto por mais de 40 milhões de espectadores.

Este ano, pela primeira vez, a direção dos músicos cabe ao maestro letão Andris Nelsons, que, desde 2010, trabalha regularmente com a Orquestra Filarmónica de Viena.

"Isso deixa-me muito, muito feliz e alegre. Acho ótimo começar o ano de uma forma tão positiva, dar uma oportunidade ao ano novo de ser melhor que o anterior. Acho que é um grande gesto e um sentimento quase simbólico. A música é uma linguagem universal. Em todos os continentes e em qualquer lugar percebemos a música sem palavras. Estou muito entusiasmado, sinto-me honrado e também um pouco nervoso", afirma o maestro aos jornalistas, em conferência de imprensa.

Mas, apesar do nervosismo, aos 41 anos, Andris Nelsons está confiante nos profissionais que vai dirigir. "No final, a orquestra sabe melhor que qualquer maestro como tocar no Concerto de Ano Novo".