Última hora
This content is not available in your region

Colômbia reclama propriedade "total" do galeão San José

euronews_icons_loading
Colômbia reclama propriedade "total" do galeão San José
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A Colômbia declarou o galeão espanhol San José bem cultural indivisível da nação, reclamando a totalidade dos tesouros transportados pela embarcação, que naufragou há três séculos no Caribe colombiano.

"Para o Governo do presidente Ivan Duque é fundamental conservar este património cultural. É fundamental que nenhuma moeda, nenhum pedaço de madeira daquele galeão vá parar aos antiquários", afirmou a vice-presidente colombiana, Marta Lucía Ramírez.

"A própria Espanha solicitou que as peças não fossem comercializadas, a nação indígena dos Qhara Qharas na Bolívia, com quem nos encontrámos na semana passada ou antes, fez o mesmo pedido. Outros governos latino-americanos disseram-nos, que também querem ajudar, se o património for preservado ", disse o diretor da Agência Nacional de Defesa Jurídica, Camilo Gomez.

Caem assim por terra as pretensões de uma empresa norte-americana de trazer os destroços para a superfície, a troco de parte das peças do galeão.

Madrid reclama a propriedade do galeão que tinha bandeira espanhola.