Última hora
This content is not available in your region

Os soldadinhos de barro do primeiro imperador da China

euronews_icons_loading
Os soldadinhos de barro do primeiro imperador da China
Direitos de autor  -
Tamanho do texto Aa Aa

O exército de soldadinhos de barro do imperador chinês Qin Shihuangdi não pára de aumentar. Foram descobertos 220 novos soldados Terracota no mausoléu do primeiro imperador da China, em Xi'an.

Os guerreiros foram enterrados na terra que os construíu e alinhados da mesma forma que os soldados verdadeiros da dinastia Qin. O imperador começou a construir o majestoso túmulo assim que chegou ao trono.

Queria levar tudo o que fosse importante quando deixasse a existência terrena. Para ele, o mais importante era o exército. Quando morreu um exército de figuras de cerâmica em tamanho real acompanhou-o na vida depois da morte.

Entre as relíquias encontradas nas escavações está um camelo dourado, acredita-se que seja o mais antigo da China:

O camelo dourado é um dos destaques das descobertas, só era encontrado no oeste da Ásia nos tempos antigos e não é típico das planícies centrais da China. Portanto, a descoberta do camelo indica trocas antigas entre a China e o Ocidente durante a dinastia Qin (221-206 aC).
Jiang Wenxiao
Investigador