Última hora
This content is not available in your region

Sindicatos franceses mantêm greves

euronews_icons_loading
Sindicatos franceses mantêm greves
Direitos de autor  -
Tamanho do texto Aa Aa

As greves, em França, parecem não ter um fim à vista. Os protestos contra a reforma do sistema de aposentações, proposto pelo Governo de Emmanuel Macron, entram no segundo mês.

O Executivo anunciou uma nova ronda de negociações. O primeiro-ministro Edouard Philippe reúne-se com os sindicatos esta terça-feira, mas nem isso demoveu as uniões sindicais que mantêm marcadas marchas de protesto para quinta-feira e sábado.

O setor dos transportes é o mais afetado. Desde cinco de dezembro um grande número de autocarros, comboios e metropolitanos franceses estão paralisados.

Esta segunda-feira, o conselho de ministros analisou o projeto que pretende substituir os mais de 40 regimes especiais por um regime universal a partir de 2025 e aumentar a idade da reforma dos 62 para os 64 anos.